Fotografia: Nuno Cerqueira
Mais de 70 campas vandalizadas numa semana em quatro cemitérios

Barcelinhos, Lama, Roriz e Oliveira foram as freguesias que viram cemitérios assaltados.

Nuno Cerqueira
3 Mai 2018

Quatro. Este é, para já, o número conhecido, oficializado pelas autoridades que operam no concelho de Barcelos, no que diz respeito aos cemitérios vandalizados num espaço de uma semana.

Com a população mais focada nas Festas da Cruzes, um gangue aproveita para andar a assaltar jazigos. Até ao momento pelos 70 foram alvo de furtos.

A GNR de Barcelos confirma que as queixas têm “caído” no posto territorial e que está a investigar a onda de assaltos promovido pelo, já batizado, «gangue dos cemitérios».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]




Notícias relacionadas


Scroll Up