Fotografia: Nuno Cerqueira

Meio aéreo entra em ação onde queimas estão a provocar vários incêndios florestais

No teatro de operações estão cerca de 50 operacionais.

Nuno Cerqueira
26 Abr 2018

Já está no teatro de operações meio aéreo no combate a vários incêndios florestais que têm fustigado, durante o dia de hoje, o concelho de Vila Verde.

O incêndio que mais preocupa lavra em Moure, no Monte Castelo, onde para além dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde, estão no combate às chamas meios dos Bombeiros Voluntários Famalicenses, Póvoa de Lanhoso, Amares e Vizela.

Um helicóptero ligeiro, com uma equipa helitransportada, e os GIPS da GNR, participam também no combate num incêndio que lavra em zona de mato.

«Tudo aponta que as origens das chamas tenham estado numa queima», referiu fonte dos bombeiros.

Aliás, este tem sido o cenário aponta na origem de outros incêndio no concelho de Vila Verde, como os casos de Aboim da Nóbrega, Freiriz e Carreiras.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]

Foto: Nuno Cerqueira

Foto: Nuno Cerqueira





Notícias relacionadas


Scroll Up