Fotografia: Nuno Cerqueira

? USB subiu ao palco da liberdade para dizer que «a democracia fica à porta de maioria das empresas»

Comemorações do 25 de abril pela USB CGTP-IN.

Nuno Cerqueira
25 Abr 2018

«Ainda há um 25 de abril por fazer nas empresas», afirmou hoje à tarde o líder da União de Sindicatos de Braga (USB), Joaquim Daniel, que pediu uma «luta diária» face às condições de trabalho que muitos pessoas estão sujeitas nas empresas do distrito de Braga.

«A democracia fica à porta da maioria das empresas», afirmou mesmo Joaquim Daniel, que viu mais de um milhar de pessoas em ação de concentração no centro de Braga, onde a USB celebrou o dia da “revolução dos cravos”.

O dia foi comemorado com a realização de um jogo de basquetebol dedicado ao desporto adaptado e à inclusão social, com a parceria da Associação Portuguesa de Deficientes, assim como a demonstração de “snagolf” e um concerto do grupo “Chulada da Ponte Velha”.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up