Fotografia: Nuno Cerqueira
GNR apreende material informático a carteiro de Amares “obcecado” por vizinha

Indivíduo, solteiro e residente com os pais, perseguia a vítima enviando mails com identidade falsa.

Nuno Cerqueira
16 Abr 2018

A GNR de Amares apreendeu, no passado sábado, diverso material informático a um carteiro de Amares, num processo que está relacionado com “assédio sexual” a uma vizinha.

A situação estava a ser investigada há cerca de mês e meio, sendo que a investigação iniciou depois de queixa da vítima.

O caso decorre na freguesia de Santa Maria de Bouro, concelho de Amares, onde o indivíduo, com 30 anos, terá enviado diversos mails utilizando contas falsas, tudo em nome de uma “obsessão amorosa”.

Depois de ter seguido o rasto a um perfil virtual, a GNR de Amares conseguiu chegar à verdadeira identidade do alegado agressor, indivíduo vizinho da vítima que foi entretanto constituído arguido.

«Foram feitas buscas numa casa, onde apreendemos dois tablets, discos rígidos, telemóvel e um computador portátil», confirmou fonte da GNR.

As diligências vão continuar e o inquérito criminal está a cargo do Ministério Público.




Notícias relacionadas


Scroll Up