Vídeo: Nuno Cerqueira

O ritual é cada vez mais conhecido por quem faz o Caminho de Santiago.

Nuno Cerqueira
15 Abril 2018

Eram 14, vinham do Porto e nas mochilas carregavam nacionalidades como italianas, alemãs e até do médio oriente, como caso de Qasem, o primeiro iraniano a passar pela Igreja de Santo António, em Barcelos, que todos os dias abre as portas para a “Bênção do Peregrino”.

O ritual é cada vez mais conhecido por quem faz o Caminho de Santiago e são cada vez mais os que procuram o templo, mesmo no centro da cidade do Galo, para serem benzidos.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]


Outros Vídeos

Scroll Up