Fotografia: DR

“Start Point” do campus de Azurém com 650 vagas de trabalho

9ª Feira de Emprego e Empreendedorismo realiza-se no campus de Azurém, em Guimarães.

Redação
13 Abr 2018

Cerca de 650 empregos e estágios vão ser oferecidos na terça-feira, dia 17, na Universidade do Minho, em Guimarães. As propostas chegam de 35 entidades, como a Bosch, Ikea, Jerónimo Martins, Fujitsu e Continental Mabor, inserindo-se na iniciativa “Start Point – Feira de Emprego e Empreendedorismo”, que decorre das 10h00 às 17h30 na nave principal do campus de Azurém.

A organização cabe à Associação Académica (AAUM), através dos gabinetes do Empreendedor e de Inserção Profissional, tendo ainda a parceria da Reitoria da UMinho.

Na próxima segunda-feira, dia que antecede a abertura da mostra, estão previstas ações de coaching que visam “preparar” e “apoiar” os participantes interessados no contacto com as entidades empregadoras. Há workshops sobre preparação pessoal para enfrentar o mercado de trabalho, técnicas de procura ativa de emprego, desenvolvimento de competências transversais, entre outros.

A “Start Point”, que vai já na sua nona edição, tem como objetivo principal propiciar o contacto direto de jovens e adultos com o mercado, através de oportunidades profissionais, do desenvolvimento de competências e do networking dos participantes.

É destinada a (ex-)estudantes, investigadores e professores, bem como a recém-diplomados e empreendedores. Conta com o cofinanciamento do Programa Operacional Regional do Norte, do Portugal 2020 e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. A AAUM disponibiliza transporte para a comunidade académica entre os campi de Braga e Guimarães.





Notícias relacionadas


Scroll Up