Fotografia: Ana Marques Pinheiro

ESSE diz que «não recebeu qualquer quantia» e Rio refuta acusação

ESSE e Câmara mantêm o diferendo relativamente aos parcómetros na cidade de Braga.

Nuno Cerqueira
10 Abr 2018

A ESSE, empresa que mantém diferendo com a Câmara de Braga quanto ao estacionamento à superfície na cidade, diz que «não recebeu qualquer quantia» da autarquia, mesmo a «referente à indemnização calculada pela autarquia» de 171 mil euros.

A concessionária reitera que a execução da deliberação de resgate da concessão «antes da decisão definitiva da providência cautelar  de suspensão da eficácia da referida deliberação» é «ilegal», acusando a Câmara de «não cumprir com o prazo dado de cinco dias para reversão e entrega dos bens afetos à concessão».

Já o presidente da Câmara, contactado pelo DM, esclareceu que o Município «está a cumprir as obrigações».

[Notícia completa na edição impressa de hoje do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up