Fotografia: DR

? Paredes de Coura tem agora “mais 600 mil bebés”

A primeira exploração de caracoletas de Paredes de Coura vai dar a primeira produção entre julho e agosto.

Redação / Nuno Cerqueira
2 Abr 2018

Mais de 600 mil caracóis bebés foram recebidos no passado fim de semana na primeira exploração de caracoletas de Paredes de Coura, com seis mil metros quadrados, num investimento superior a 200 mil euros.

O projecto arrancou com a colocação dos primeiros “bebés” nas estufas, com três mil metros quadrados, em Mozelos.

O promotor é João Gomes, 40 anos de idade e serralheiro de profissão, que deixou «falar mais alto o bichinho da agricultura» que lhe foi incutido desde pequeno pelos pais e decidiu criar a “Couracol”, financiado por fundos comunitários.

«O bichinho da lavoura continuava cá dentro. Estive num impasse entre a produção de cogumelos ou caracóis até que conheci o trabalho da primeira cooperativa de helicicultores em Portugal, a Widehelix, e decidi avançar com a criação de caracóis. Nesta altura já investi entre 60 a 70 mil euros neste projecto», explicou.

Entre julho e agosto, João Gomes vai tirar a “primeira produção”.

Além da área destinada à criação, a Couracol prevê a criação, em agosto, de uma maternidade de caracoletas, espécie cuja dimensão permite rendimento durante todo o ano e com um preço que compensa a sua exploração em cativeiro.





Notícias relacionadas


Scroll Up