Espaço do Diário do Minho

Reforço para a vida
30 Mar 2018
Carlos Dias

Na vida existem duas dimensões que nos condicionam muito, uma, nada controlável, mas, muito significativa, que nos envolve, que nem sempre queremos, que é o acaso (o local onde nascemos, a nossa família, um acidente, um determinado acontecimento marcante) e a outra é o caráter, ou seja aquilo que podemos controlar, moldar, fazer ou ser.

E nesta segunda dimensão, existe um espaço que nos pode fazer mudar, moldar, crescer, que pode fazer toda a diferença: a escola. Este local, nem sempre amado, tem uma importância significativa na nossa instrução, mas também na forma como encaramos a vida. Há quem diga que nascemos com o futuro traçado, mas nisso não acredito.

Acredito que existem pessoas, histórias, momentos, livros, filmes, estímulos, aulas, músicas, arte, sentimentos, que fazem mudar o rumo das nossas vidas. Acredito que a escola é um desses espaços, daqueles que nos moldam o caráter, onde a aprendizagem se confunde com a dúvida, o conhecimento com a sagacidade, o movimento com o crescimento, a barreira das dificuldades com a perseverança de as vencer.

A escola, no seu todo, é um espaço fundamental para a nossa formação, para o nosso caráter. A vida de uma escola está muito para além da instrução que nela é ministrada.

É por isso que as medidas aprovadas na Assembleia da República no reforço de horas para a disciplina de Educação Física me deixam muito feliz, porque essencialmente, fazem relevar a importância do movimento no contexto da educação. Não está confirmada a aplicação destas diretrizes por parte do Governo, e isso é o mais importante passo.

É fundamental, em função da realidade social atual, fazer reformulações para que a escola seja mais eficaz para a formação integral dos seus alunos. A Educação tem que ser mais ativa, moderna, interventiva, atrativa e exigente. Pedir mais e criar espaço à ação e à criatividade. Os nossos alunos são sujeitos a horas infinitas de sedentarismo.

É preciso que a escola seja um local de instrução, mas acima de tudo de ação e expressão (escrita, movimento, oral, teatral, artística, de ideias).

O sistema educativo deverá reforçar a importância educativa da disciplina de Educação Física e assumir que não deverá existir, por mais voltas que se queiram dar, instrumento educativo potencialmente mais eclético, abrangente e mais importante para a formação do caráter dos alunos do que os defendidos pelo Desporto Escolar e pela Educação Física.

É, igualmente, muito importante na criação de hábitos de vida ativa e saudável e, isso, só é possível com a criação de rotinas de ação que permitam desencadear estratégias de aumento da quantidade de tempo dedicado à atividade física e ao desporto.

A melhoria constante das competências físicas, com forte influência da autodisciplina, autocontrolo, desenvolvem a capacidade de gerir melhor a frustração, contornar as adversidades e as dificuldades provocadas pelo dia a dia, também é uma importante consequência desta medida.

Uma análise breve à estrutura dos nossos alunos salienta a importância significativa destas medidas como forma de combater o excesso de peso, de obesidade e da descoordenação motora, consequência evidente da vida sedentária dos nossos alunos. Estas medidas, se aplicadas, já vêm tarde, mas ainda a tempo de mudar a vida de muitas crianças e jovens.



Mais de Carlos Dias

Carlos Dias - 15 Fev 2019

A propósito do aparecimento de uma nova coqueluche do futebol nacional, João Félix, muito se tem discutido o “talento”. Quem não se lembra de atletas prodígios que não passaram apenas disso: promessas? Para entender o valor do talento, deve-se perceber a importância da preparação e do trabalho. Não existem fórmulas para explorar o melhor dos […]

Carlos Dias - 1 Fev 2019

Apesar desta sociedade complexa, egoísta e corrompida em que nos afundamos, ainda há pessoas que fomentam, apesar do longo caminho a percorrer, a solidariedade e a partilha dos valores humanistas. São essas que equilibram e fazem contraste com algumas figuras ditas “poderosas”, por aquilo que representam e pelo impacto mediático que têm. Sim, os “donos […]

Carlos Dias - 4 Jan 2019

O ano que terminou foi marcado, desportivamente, por vários acontecimentos que fazendo parte do “quotidiano” deixaram a sua marca. Para o futuro é sempre importante não esquecer o passado. E nesta minha reflexão do que foi o ano existem pessoas, figuras, momentos marcantes que devemos enaltecer, refletir e extrair algumas ilações para o que aí vem. […]


Scroll Up