Fotografia: DM

Governo promete reforçar aposta no apoio domiciliário e cuidadores

Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social inaugurou residências seniores do Centro de Solidariedade Social de Tamel S. Veríssimo, em Barcelos.

Rui de Lemos
17 Mar 2018

O Governo quer reforçar a aposta no apoio domiciliário e nos cuidadores. A estratégia de futuro foi defendida, ontem, em Barcelos, pelo ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, na sessão inaugural das novas residências séniores do Centro de Solidariedade Social de Tamel S. Veríssimo.

As instituições sociais têm nas valências dirigidas para o apoio a idosos as suas estruturas mais sustentáveis, desde os lares, aos centros de dia e apoio domiciliário. «Mas, de facto, temos que caminhar para um futuro onde demos mais importância coletiva ao apoio domiciliário», apontou o ministro Vieira da Silva, ontem, naquela sessão inaugural, em Barcelos.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up