Fotografia: Ana Marques Pinheiro
Dádiva de sangue no Campus de Gualtar atingiu 262 dadores inscritos

Resultado diminuiu um pouco relativamente ao mesmo período do ano passado.

Redação
14 Mar 2018

A Universidade do Minho realizou mais uma campanha de Dádivas de Sangue e Recolha de Sangue para Análise de Medula, sendo que o resultado atingiu 262 dadores inscritos e 11 recolhas de sangue para snálise de medula.

Este ano o resultado diminuiu relativamente ao mesmo período do ano passado – em março de 2017 em Gualtar atingiram-se 439 dadores inscritos e 40 recolhas de sangue para análise de medula – o que segundo José Cardoso do IPST poderá ter sido «uma consequência da impossibilidade da vinda das unidades móveis de colheita que costumavam vir».

As dádivas de sangue já decorrem na Universidade do Minho desde 1999.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]




Notícias relacionadas


Scroll Up