Vídeo: Nuno Cerqueira

Evento decorre de 24 a 31 de março.

Nuno Cerqueira
13 Março 2018

É já no dia 24 de março que tem início a terceira edição do Festival de Música Religiosa de Guimarães, este ano com dimensão internacional, e que Elisabete Matos, cantora lírica, compara a dimensão do evento «de um pequeno Salzburgo».

O festival, que termina a 31 de março, foi apresentado hoje ao final da manhã e são várias as igrejas da cidade vimaranense que recebem corais, vocais, ensambles e outros formatos da música religiosa, que acrescentam à dimensão da época, onde os católicos vivem a Paixão de Cristo, a cultura musical, património e até doces.

«Ao mesmo tempo decorre uma mostra de doçaria conventual», referiu a vereadora da Cultura da Câmara de Guimarães, Adelina Mendes Pinto.

Já Elisabete Matos destacou que para além da dimensão internacional, o festival mostra a qualidade deste género musical que é produzida em Guimarães.

«Não estão aqui apenas porque são de Guimarães, estes músicos de Guimarães tem muita qualidade e é preciso dar-lhes dimensão internacional», frisou a “lírica” Elisabete Matos.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]


Outros Vídeos

Scroll Up