Fotografia: DR
PJ de Braga detém homem por burla informática a empresa de confeção

Na busca domiciliária foi-lhe apreendido o computador utilizado e o vestuário ilicitamente obtido.

Redação
9 Mar 2018

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Braga, identificou e deteve um homem, em flagrante delito, pela presumível prática dos crimes de burla informática, acesso ilegítimo e falsidade informática.

O detido, residente na zona do grande Porto, desde dezembro de 2017, acedia ilegitimamente ao sistema informático de uma conhecida empresa de confeções e interferia no registo de pagamentos de compras via internet, produzindo documentos não genuínos de ofertas, que usava em seu proveito.

Na busca domiciliária foi-lhe apreendido o computador utilizado e o vestuário ilicitamente obtido.

O detido, de 40 anos de idade, foi presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.




Notícias relacionadas


Scroll Up