Fotografia: DR
D. Francisco pede que cristãos vejam Cristo nos mais pobres

Durante a cerimónia, destaque ainda para a celebração das bodas de diamante (60 anos de matrimónio) de um vetusto casal francês.

Redação
28 Dez 2017

D. Francisco Senra Coelho celebrou a missa de Natal na igreja do Mosteiro de Tibães, concelebrada pelo padre Marcelino. Num templo completamente cheio, o bispo auxiliar de Braga pediu aos cristãos que vejam nos mais pobres a imagem do Emanuel, Deus Connosco.

Na homilia, D. Francisco recordou entre outras realidades que «o Natal é a grande surpresa de Deus. Quando quase todos aguardavam que o Emanuel viesse de modo triunfal e esplendoroso, Ele surpreendeu a humanidade, fazendo-se criança no seio de uma modesta família, recém-nascido colocado na pobreza de uma manjedoira. Foram os pobres de Israel, os pastores das campinas de Belém, os primeiros a reconhecê-Lo e a adorá-Lo como o Emanuel, o Salvador prometido e a Luz de todas as nações.

Aceitemos o desafio de uma vida evangélica que nos leve a reconhecer a presença de Cristo nos mais pobres, nos sós e nos débeis; nas grandes dores da humanidade e nos grandes apelos contidos nos sinais dos tempos.

Olhemos com o olhar de Cristo e a todos levemos o Seu abraço com o nosso compromisso de fraterna solidariedade cristã, semeadores de esperança fundamentada em compromissos de humanização».




Notícias relacionadas


Scroll Up