Fotografia: Álvaro Magalhães

Hospital deve viver com o Natal no coração para dar esperança aos desesperados

Em tempo de Natal, o prelado pede um maior afinco para que todos possam testemunhar aos doentes «que não temam e que confiem».

Álvaro Magalhães
15 Dez 2017

O Arcebispo Primaz, D. Jorge Ortiga, celebrou ontem uma Missa evocativa da celebração do Natal no Hospital de Braga.

Na celebração, D. Jorge Ortiga convidou a que a comunidade que trabalha naquela instituição de saúde consiga «trazer o Natal para o centro, para o coração e fazê-lo realidade no quotidiano, através de comportamentos e atitudes diferentes».

A celebração da Eucaristia teve lugar na capela do hospital e contou com vários sacerdotes a concelebrar e com a participação de administradores, clínicos e funcionários de diversos serviços.

A todos, D. Jorge Ortiga recordou que «o Natal é o nascimentos de Deus que se faz homem num menino que é Jesus» e que este mesmo Jesus se «identificou com todos, sem exceção, principalmente com os mais pequenos e insignificantes do mundo».

É precisamente estes «pequenos e insignificantes», que D. Jorge Ortiga aponta que devem ser o centro «do Natal de todos nós».

 

 





Notícias relacionadas


Scroll Up