Fotografia:
O beato João Paulo II e o beato João XXIII serão em breve canonizados

No dia 5 de Julho o Papa Francisco assinou os decretos que reconhecem um milagre obtido por intercessão do beato João Paulo II (1920-2005). Inspirado por chamadas de “Santo Subito!” (“Santo Imediatamente!”) das multidões que se reuniram durante o funeral, o Papa Bento XVI iniciou o processo de beatificação de seu antecessor, ignorando a restrição normal que cinco anos devem passar após a morte de uma pessoa antes do processo de beatificação poder começar. Numa audiência com o Papa Bento XVI, Camillo Ruini, Vigário Geral da Diocese de Roma e o responsável pela promoção da causa de canonização de qualquer pessoa que morre dentro daquela diocese, citou “circunstâncias excepcionais” e sugeriu que o período de espera poderia ser dispensado.

Maria Fernanda Barroca
28 Set 2013

Esta decisão foi anunciada em 13 de Maio de 2005, a Festa de Nossa Senhora de Fátima e o 24 º aniversário do atentado a João Paulo II na Praça de São Pedro.
Em 28 de Maio de 2006, Bento XVI rezou uma missa na Polónia, para um público estimado em 900 000 pessoas. Durante a homilia, encorajou orações para a canonização precoce de João Paulo II e declarou que esperava que a canonização fosse acontecer “em um futuro próximo.” Em Fevereiro de 2007, relíquias do Papa João Paulo II – pedaços da batina que ele costumava vestir – estavam a ser distribuídas gratuitamente com cartões de oração para a causa da beatificação.
O milagre que levou à beatificação, foi relatado pela Irmã Marie-Simon-Pierre: “cura completa e duradoura depois que membros da sua comunidade rezaram pela intercessão do Papa João Paulo II”. Desde Maio de 2008, a Irmã Marie-Simon-Pierre, então com 46 anos, voltou a trabalhar novamente num hospital maternidade que é regido pela ordem religiosa à qual ela pertence. Ela padecia da doença que vitimou João Paulo II – a doença de Parkinson. O milagre para a canonização do beato João Paulo II, ocorreu em 2011 na Costa Rica. Uma mulher que sofria de um aneurisma cerebral ficou curada de modo cientificamente inexplicável, depois dos familiares rezarem ao Papa polaco. O Papa Francisco aceitou o facto como milagre.

O milagre para a beatificação do Papa João XXIII, foi o seguinte: a irmã Caterina Capitani, da Congregação das Filhas da Caridade, desenganada pelos médicos após uma operação ao estômago para extrair um tumor maligno, geralmente fatal, ficou curada, depois das orações dirigidas ao Papa João XXIII.
O porta-voz do Vaticano, Padre Federico Lombardi declarou que por respeito ao Papa que convocou o Concílio Vaticano II “abre-se o caminho da canonização ao beato João XXIII apesar de que não se atribua nenhum novo milagre. Era uma proposta da Congregação para a Causa dos Santos. O Papa Francisco aceitou a dispensa da obrigação de apresentar um novo milagre. Como já se apresentou um milagre para a beatificação, simplificou-se o processo”.
Na mesma altura foi também anunciada a beatificação de D. Álvaro del Portillo. A esse respeito, Mons. Javier Echevarría, prelado do Opus Dei declarou que estas notícias são “motivo de profunda alegria, e uma feliz coincidência”. “João Paulo II – disse o Prelado – deu-se com incansável generosidade ao serviço da humanidade. Aproximou-nos de Deus com o seu rico Magistério: de palavra, por escrito, com imagens e com tantos gestos carregados de significado. Toda a sua vida se apoiava numa unidade íntima com Jesus Cristo: bastava ver como rezava para compreender a fecundidade do seu ministério”. João Paulo II e João XXIII “foram verdadeiramente pais próximos de todos os fiéis, da Igreja e concretamente, posso afirmar, desta parte da Igreja que é a Prelatura do Opus Dei. Penso que, com eles, milhões de pessoas se sentiram ‘filhos predilectos’ do Papa”.
Foi marcado para 30 de Setembro um Consistório, onde será anunciada a data da canonização dos dois beatos. O Papa Francisco na sua viagem de regresso a Roma depois da JMJ, deu a entender (sem confirmação) que a cerimónia de canonização do beato João Paulo II deve ocorrer a 27 de Abril de 2014 – Domingo da Divina Misericórdia, mas em palavras recentes não desmentiu que o beato João Paulo II, ainda pudesse ser canonizado em 2013. Na segunda-feira, ficaremos a saber!                                                                  
Nota: Recolhi alguns dados em «Romereports» e Aceprensa.com




Notícias relacionadas


Scroll Up