Fotografia:
Cá dentro e lá fora

Semana prestes a terminar mas ainda se faz eco do que aconteceu no passado fim-de-semana futebolístico, envolvendo os treinadores dos três principais clubes do nosso futebol, não no que se passou dentro das 4 linhas mas sim fora delas. E não fora o inesperado empate dos leões em sua casa frente ao Rio Ave, estou certo que quase não haveria nada digno de registo em face dos resultados verificados nesta ronda do nosso campeonato nacional.

Luís Covas
27 Set 2013

No entanto já hoje tem início a 6.ª jornada e ainda muita tinta vai correr sobre a anterior, e sobre as cenas tristes verificadas em Guimarães e no Estoril. Isto só acontece em Portugal, pois no mesmo fim-de-semana em Inglaterra e França disputaram-se dois importantes derbies entre rivais, os dois Manchesters (City vs United) e pudemos assistir a um jogo fantástico com uma vitória concludente por 4 / 1, a favor do Manchester City e que saibamos nada digno de registo a assinalar fora das quatro linhas.
Em França, Paris S. Germain e Mónaco empataram a uma bola sendo digno de registo o grande espetáculo futebolístico proporcionado por estas duas equipas, com justiça no resultado final, seguindo estas equipas na liderança da prova com 2 pontos à maior para o Mónaco. Assim apetece afirmar que vale a pena assistir a estes espetáculos, enchendo os estádios, fazendo do jogo uma festa.
Por cá atitudes lamentáveis de Jorge Jesus a envolver-se em cenas nada dignificantes para si, para o clube e para todos os espectadores, entrando em áreas que não são as suas sendo de todo inqualificáveis as que protagonizou.
No Estoril estalou o verniz a Paulo Fonseca depois de ao intervalo se ter envolvido numa discussão acesa com o técnico do Estoril, Marco Silva e as declarações infelizes no final do encontro ao considerar que as declarações do técnico do Benfica, Jorge Jesus “tinham tido efeito nos 3 campos onde jogaram os seus rivais”. Alguém acredita que as afirmações de Jesus tiveram efeito nos árbitros dos jogos dos adversários do Benfica? Lançou suspeição sobre os mesmos colocando em causa a integridade de quem ajuíza os jogos. E o que se passou no camarote presidencial? Lamentável!…
Noutro âmbito também existem grandes diferenças entre o que vai acontecendo lá fora e cá dentro pois o Manchester United acaba de apresentar um lucro de 170 milhões de euros, numa época em que não vendeu ninguém, contrapondo com o SL Benfica que teve um prejuízo acima dos 10 milhões de euros numa época em que vendeu Javi Garcia e Witsel.
Por outro lado tanto Real Madrid como Barcelona ultrapassaram os 500 milhões de euros de receitas na época passada, números deveras impressionantes. Depois ainda se admiram porque é que os seus estádios se encontram sempre lotados e se assistem a grandes espetáculos de futebol.
A crise não explica tudo e enquanto cá dentro parece que as coisas se resolvem fora das 4 linhas, com discussões estéreis e atos condenáveis, envolvendo agentes com grandes responsabilidades nesses clubes, lá fora vão-se decidindo dentro dos relvados com espetáculos inolvidáveis aliada a uma cultura desportiva que importa salientar.
E depois ainda se admiram porque é que caminhamos para o abismo.




Notícias relacionadas


Scroll Up