Fotografia:
Higgs põe os pontos nos is a Dawkins… e a Krauss

1 – O cientista Peter Higgs, que se tornou famoso pela recente provável descoberta da partícula que tem o seu nome, criticou abertamente o fundamentalismo antirreligioso de Richard Dawkins. Não é a primeira vez que a militância ateia de Dawkins em nome da ciência tem sido considerada fundamentalista não apenas por crentes, mas também por outros cientistas, muitos deles não crentes, como é o caso de Higgs. 

Alfredo Dinis S.J.
15 Jan 2013

2 – Numa recente entrevista ao jornal El Mundo, de que dá conta o jornal britânico The Guardian (26.12.12), Higgs afirmou: “O que Dawkins faz demasiadas vezes é concentrar os seus ataques nos fundamentalismos. Mas há muitos crentes que não são fundamentalistas. O fundamentalismo é um problema diferente. Considero que Dawkins é, de certo modo, ele próprio praticamente um fundamentalista de outro género.”
3 – Uma das bandeiras de Dawkisn é a afirmação repetida até à exaustão, de que há uma incompatibilidade entre ciência e religião. Higgs coloca a questão de um modo radicalmente diferente e mais próximo da realidade: “A melhoria da nossa compreensão do mundo através da ciência enfraquece algumas das motivações que levam as pessoas a serem crentes. Mas isto não é o mesmo que dizer que ciência e religião são incompatíveis. O que me parece é que algumas das razões tradicionais para se ser crente e que duram há milhares de anos, ficam sem fundamento… No debate entre ciência e religião há que ter mais cuidadoso do que algumas pessoas têm tido no passado.”
Segundo o The Guardian, “Dawkins não respondeu a um pedido para comentar diretamente a acusação de ‘fundamentalista’ feita por Higgs.
4 – Já em 2007, Dawkins teve que se defender no seu website desta acusação, com um texto intitulado “Como se atreve a chamar-
-me fundamentalista?” No primeiro dia do corrente ano, o autor viu–se de novo obrigado a responder à mesma acusação de fundamentalista, desta vez por ter afirmado numa recente entrevista à televisão ‘al-Jazeera’ que, para uma criança, ser educada como Católica é pior do que ser abusada sexualmente por um padre. As palavras de Dawkins foram objeto de um artigo no jornal britânico Daily Mail que provocou uma tal reação negativa nas redes sociais que o autor se viu obrigado a defender-se no seu website. Dawkins já tinha afirmado algo parecido no seu livro The God Delusion (2006), e justificou agora a sua posição com uma carta recebida de uma senhora americana que lhe falou neste sentido da sua experiência pes-
soal. O que teria concluído Dawkins se uma outra senhora lhe tivesse escrito uma carta relatando uma experiência oposta?
5 – O fundamentalismo de Dawkins tem porém alguns admiradores entre os cientistas. Talvez o mais conhecido seja Lawrence Krauss, que não perde uma oportunidade para atacar a religião em nome da ciência. Isto mesmo foi o que aconteceu em julho passado, por ocasião da provável descoberta do bosão de Higgs. Num texto publicado na revista Newsweek Magazine (9 de julho de 2012), Krauss afirmou, referindo-se ao bosão de Higgs: “Os seres humanos, com as suas espantosas ferramentas e os seus fantásticos cérebros, talvez tenham dado um passo de gigante na substituição da especulação metafísica pelo conhecimento empiricamente verificável. A partícula de Higgs é agora provavelmente mais relevante do que Deus”.
Falta saber o que pensa Higgs desta afirmação de Krauss, se ela chegou ao seu conhecimento. Pelo que disse acerca de Dawkins, não é difícil adivinhar que também a Krauss poria os pontos nos is.
Krauss parece querer competir com Dawkins para se tornar o porta-voz do ateísmo mundial em nome da ciência.




Notícias relacionadas


Scroll Up