Fotografia:
Que ninguém fique indiferente…

Porque é Natal, que ninguém fique indiferente à fome, ao frio, à doença e às lágrimas da gente que, nesta noite mágica, em desguarnecido vazio, só vislumbra solidão. Porque é Natal, que ninguém fique indiferente ao vizinho sem trabalho, à criança sem sorriso, ao velho desprezado, à prostituta da rua, ao prisioneiro insolente, ou ao vagabundo tresloucado. Porque é Natal, que ninguém fique indiferente aos horrores da guerra, aos cataclismos ou outros desastres naturais, aos martírios que nos agitam o sono e novos sofrimentos mais.

J. M. Gonçalves de Oliveira
18 Dez 2012

Porque é Natal, que ninguém fique indiferente às desigualdades, às injustiças, aos clamores lobrigados, aos gritos de dor lancinante, aos silêncios compulsivos e aos suspiros abafados.
Porque é Natal, que ninguém fique indiferente ao desespero e às demais agruras despertadas pela crise presente, às escarpas da idade e às ciladas da vida que a vida consente.
Porque é Natal, que ninguém fique indiferente à beleza das estrelas em noite de luar, ao vai e vem das ondas alterosas e à sua espuma branca no revolto mar.
Porque é Natal, que ninguém fique indiferente à perfeição da flor silvestre em manhã de claridade, ao chilrear das aves e à brisa do vento murmurando saudade.
Porque é Natal, que ninguém fique indiferente ao gotejar de frescura da nascente no monte, ao arco-íris de mil cores e ao pôr do sol na longínqua linha do horizonte.
Porque é Natal, que ninguém fique indiferente à súplica de um desterrado. A ausência de amarras deixa o barco à deriva que acabará naufragado.
Porque hoje é Natal, que ninguém fique indiferente à luz do sol e ao ar que temos que respirar. São essências da vida que não podemos dispensar.
Porque hoje é Natal, que ninguém fique indiferente ao amigo do lado ou aquele mais distante. A amizade verdadeira permanece e é constante.
Porque hoje é Natal, que ninguém fique indiferente à voz pausada pelo tempo. A experiência vivida traz sapiência ao pensamento.
Porque hoje é Natal, que ninguém fique indiferente ao nascimento do Menino Jesus. O Seu exemplo é nascente de vida e caminho de luz.
Porque hoje é Natal, que ninguém fique indiferente aos Seus preceitos. A Sua doutrina vivida afastará do mundo injúrias e outros defeitos.
Porque hoje é Natal, que ninguém fique indiferente a um pedido de perdão. O indulto oferecido purifica a alma e liberta o coração.
Porque hoje é Natal, que ninguém fique indiferente, seja crente, agnóstico ou ateu. Vamos seguir o exemplo de vida que nos deu.




Notícias relacionadas


Scroll Up