Fotografia:
“Lucré Crescendo”

No âmbito de Braga 2012: CEJ, emergiu a conjuntura ideal para a criação da “Lucré Crescendo” uma Associação Recreativa e Cultural, que visa a dinamização e o desenvolvimento cultural dos jovens, de uma freguesia que se situa a cerca de 5 km de Braga, que poucos têm o privilégio de conhecer e que se denomina por Santa Lucrécia de Algeriz.

Cláudia Almeida Monteiro
17 Nov 2012

O convite que me foi direcionado para presidir essa mesma associação, surgiu do presidente da Junta e significou para mim um desafio. A necessidade intrínseca de levar vida a esta freguesia adormecida e de mostrar aos seus jovens que têm capacidades e competências que eles mesmos desconheciam, fez-me aceitar este propósito. 
Com a criação desta associação, os mais jovens e os menos jovens,  podem agora ocupar os seus tempos livres, na ginástica, nas danças de salão, na capoeira, no futebol feminino e masculino. Para além destas atividades, são ainda efetivadas várias iniciativas, como exposições de artesanato e pintura, a realização de curtas-metragens e a execução de vários outros eventos, que propiciam a confraternização entre a população.
Braga 2012: Capital Europeia da Juventude, veio assim propiciar aos jovens a descoberta de competências, saberes, aptidões. Proporcionando-lhes diversas iniciativas “para garantir que os jovens sejam informados, tenham uma participação ativa na sociedade e se prontifiquem a assumir a liderança ao atingir a idade adulta”.
Falando um pouco agora da minha experiência pessoal, a  criação da Lucré Crescendo, cuja fundação foi motivada pela CEJ e pela Junta de Freguesia de Santa Lucrécia de Algeriz, originou uma enorme transformação na minha vida, tanto a nível pessoal como profissional, sendo eu advogada e tendo-me  debruçado sempre por esta nobre profissão, o facto é que com este projeto e com uma participação associativa dinâmica, descobri novas aptidões, como a arte da representação, o gosto pela fotografia, etc, que me fazem  sentir hoje, um ser mais completo, dinâmico e realizado, tendo-me concedido experiências profissionais e mesmo pessoais, que jamais alguma vez congeminei ter.
 Assim sendo, deixo um apelo a todos os jovens, que sejam participativos nas suas comunidades, através por exemplo do associativismo dinâmico. Pois através deste, podemos descobrir novas competências, novos mundos.  Os jovens necessitam, mais do que nunca, de se abrirem para o mundo, sendo o associativismo uma forma de o fazerem e assim poderem descobrir as infinitas possibilidades de futuro que este  pode proporcionar.
Termino fazendo um convite a todos os bracarenses, que nos dias 8 e 9 de dezembro, visitem Sta. Lucrécia de Algeriz (direção Ponte do Porto-Amares). A “Lucré Crescendo”  com a colaboração da Associação Artystika, Junta de Freguesia de Sta. Lucrécia e Braga 2012, vai realizar um evento denominado “Aldeia de Jesus”  – Recreação Cultural. Contamos assim com a presença de todos. Junte-se a nós, porque todos somos Braga 2012.




Notícias relacionadas


Scroll Up