Fotografia:
Será que estamos no far-west?

Há quem ande por aí de nariz em baixo por, dentro de poucas semanas, entrar em vigor o novo Código da Estrada, que vai trazer multas bem mais carotas, prevendo-se que os narizes ainda fiquem mais pingunços…

N/D
7 Mar 2005

No entanto, há muitos automobilistas cá do burgo que aproveitam todas as ocasiões para pousarem os seus “burricos” onde calha, sem respeito por ninguém. E piram-se para locais desconhecidos, não havendo quem lhes tope o toutiço nas redondezas onde deixam os popós estacionados de forma “imprópria”…
As passadeiras para peões são os “alvos” principais de muitos desses condutores: como a lei obriga a que estejam “livres”, zás!, eles aproveitam o “buraquinho” – e quem quiser passar, mesmo se em cadeira de rodas, que compre umas asas e que “passe por cima”… Outro dos “alvos” preferidos dessas insolências são as paragens dos autocarros. Fazem saber que “vou ali e já venho”, e lá ficam os popós longo tempo, obrigando os “bus” a pararem no meio das ruas, causando filas de trânsito maiores do que o défice do Estado!!!

É claro como a água suja que cá este vosso criado não é a favor da lei da “caça à multa”, com que alguns condutores habitualmente se insurgem, sobretudo quando lhes é trancado o “freio” do popó. Mas, dando uma voltinha dos tristes aí pela cidade, não há outro remédio que não seja concordar com uma actuação mais “feroz” por parte das autoridades. E quando se trata de ruas dos “subúrbios”, onde habitualmente não passam nem passeiam agentes da autoridade, então é que o “caso” ganha uma dimensão de fazer cair o cabelo…

Seria bom que os senhores condutores que estacionam cá no burgo acabassem de vez com a “bagunça” que causam, nem que seja para o “vou ali e já venho”! É uma questão de respeito e de cidadania. Caso contrário (como no caso que o boneco mostra…), depois não se queixem de quem lhes tira a factura! Ou será que estamos no far-west? Se estamos, então… boa vai ela!!!




Notícias relacionadas


Scroll Up