Fotografia:
Um passeio para o “abismo”…

Na rua Mestre Veiga, que “separa” a zona da entrada principal da Bracalândia do complexo desportivo da Rodovia, permitindo o acesso a carros e peões para a zona de Lamaçães e Nogueiró, foi construído, há já tempo que baste, um passeio novo.

N/D
28 Fev 2005

Lá formoso está ele – mas não seguro! E isto porque, como o “boneco” mostra claramente mostrado, não foi colocado qualquer “separador” que evite uma queda para as couves…
Na verdade, quem ali passar “à pata” e se destrair, corre o risco de dar por si com o toutiço enterrado no campo que está à sua ilharga, e que se encontra a um desnível bem considerável!

Mas, para além da eventual queda de algum adulto, andam por ali, frequentemente, consideráveis magotes de crianças, não só para visitarem a Bracalândia, mas também para se dirigirem às escolas que frequentam. E já nem falemos nos deficientes visuais que por lá têm de passar e que têm de levar as antenas bem afinadas se não querem ir parar ao campo…

É claro que poderá haver quem ache exagerados os “cenários” atrás descritos, mas basta passar pela zona para que rapidamente mude de opinião e conclua que aquilo é um perigo “à vista desarmada”…

Olhando para o passeio, é fácil concluir que seria fácil colocar, na sua “berma”, um pequeno gradeamento que pudesse evitar eventuais quedas no “poço”, e até mesmo uns simples arames resolveriam o problema. Isto para já não falarmos daquilo que poderia ficar ali com mais “vista”: elevar o minúsculo muro que a foto mostra para uma altura mais razoável, de maneira a “segurar” possíveis cambaleantes…

Como se vê, a coisa parece fácil de solucionar e evitar-se-ia que ocorressem ali acidentes desagradáveis, de que, depois, “ninguém tem culpa”, como acontece vulgarmente no nosso país… Aquilo é fácil de resolver, a não ser que haja falta de arame ou de tijolos… Porque, se há falta disso, então… boa vai ela!!!




Notícias relacionadas


Scroll Up