Fotografia:
Quem tem medo da abstenção

As principais forças políticas escolhem nomes, ultimam programas, preparam as promessas que em seu entender motivam o apoio do cidadão eleitor.

N/D
31 Dez 2004

Quem se detiver a ler a Constituição e reflectir sobre a evolução política dos últimos trinta anos, tem razões de sobra para hesitar na hora de votar, porque quase sempre o adiamento ou esquecimento de promessas foi sucedendo com naturalidade, provocando no cidadão um sentimento de desilusão e desconfiança que agora pode levar à abstenção.
Explicar que motivos temos para votar e escolher um partido é, pois, trabalho complicado de campanha eleitoral no momento presente, se pensarmos no que sucedeu com as interrupções surgidas, com o abandono num curto espaço de tempo do responsável político do Governo, por duas vezes, com justificações também elas merecedoras das mais variadas críticas de todos os sectores e áreas políticas.

Perante a instabilidade social cuja causa principal, o desemprego, não dá mostras de retroceder, com o aumento das diferenças sociais e com uma redução constante da classe média, torna-se difícil explicar qualquer programa eleitoral, que não vise emprego, segurança social, saúde e educação.

Porque se trata de áreas importantes e sensíveis, que sempre são alvo de discursos e promessas, só com esclarecimento, vontade e atitude políticas de cumprir obterão o apoio do cidadão eleitor, cansado de esperar, insatisfeito com os resultados alcançados anteriormente e pessimista em relação aos políticos.

O cenário efectivamente sugere que a abstenção pode superar as expectativas. Daí a preocupação de todos os que pedem maioria absoluta ou dos que já pensam em soluções de coligação pós-eleitoral. Mas quem tem realmente culpa do desinteresse pela política?

Parece ser a partir da resposta a esta pergunta, que os candidatos ao poder devem esclarecer o cidadão, motivando-o para um acto eleitoral, num país em crise e em tempo de Carnaval. Mas não esqueçam: o voto é sempre útil!




Notícias relacionadas


Scroll Up