Fotografia:
798. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Braga:

1 Decididamente, a Câmara Municipal é amiga do automóvel! Põe-no mesmo à frente do Homem! E nem era preciso mais um DIA EUROPEU SEM CARROS, com carros, para o mostrar!

N/D
29 Set 2004

Assim, em vez de fechar as ruas à circulação automóvel, saíram a pé e de bicicleta os pelouros do Ambiente e do Desporto em missão de sensibilização da população para os benefícios da pedalada, do pedestrianismo, do transporte público!

Bonito! Fixe! Só que a coisa deu fiasco, porque o povão está-se marimbando para pedagogias! E o olha para o que eu digo não olhes para o que eu faço já não colhe os adeptos que colhia e, como sempre, palavras leva-as o vento ou entram (se é que entram) por um ouvido e saem pelo outro!

Por isso, é que se vai borrifando cada vez mais para as campanhas, sejam do que for, mormente de natureza política ou ideológica! E, neste particular, até lhes acha um piadão e goza com elas, pois servem, fundamentalmente, para arejar a pasteleira, abater as banhas, desenferrujar as tíbias!

Todavia, senhor Presidente, a Câmara devia tomar outra atitude, dar outro exemplo, já que o exemplo vem de cima, deixando, diariamente, o carro em casa ou à entrada da cidade e ir para o trabalho de TUB, a butes ou de bicicleta (onde estão as prometidas ciclovias?).

Porque, sabido é, a cidade está num sufoco rodoviário e ambiental (ainda no Verão passado, tivemos alguns ALERTAS VERMELHOS, provocados pelo excesso da camada do ozono de superfície, fornecidos pela Estação de Medição da Qualidade do Ar).

Assim, quando menos o esperamos, os nossos pulmões são depósito de quantidades perigosas de lixo ambiental! E há quanto tempo não será assim?

O.K. O.K. É BOM VIVER EM BRAGA!

Porém, até que me provem o contrário, tenho cá para mim que medidas como as tomadas pela Autarquia no DIA EUROPEU SEM CARROS, com carros, não passam de injecções de água destilada no toutiço, bronco e canhestro do povão que só vai à bordoada, ao arrocho! Isto é, obrigando-o, mesmo contra velhos e novos do Restelo, a deixar o carro em casa ou às portas da cidade e utilizar o transporte público.

Até para que não nos aconteça o que já acontece em muitas cidades europeias que fecham o acesso ao centro ou limitam-no, drasticamente. E por causas que também nos vão afligindo: congestionamento rodoviário, poluição, mal-estar e saúde pública!

2. Mas, senhor Presidente, como diz o Vitelas: pensando bem… estes ambientalistas, estes verdes são uns verbos de encher, uns rainzeiros! Que diabo! Estamos no século XXI! E Braga, ao menos por um dia, cidade sem carros? Que infeliz ideia! Isso só no terceiro mundo que anda a pé e a pedir! Ou, quando muito, de trotineta de madeira!

Nós cá somos modernaços! E o popó é o símbolo da modernidade, da pujança económica! Dá cagança, carago!

Braga, a augusta, sem carros é vetusta! Braga a barroca, sem carros é bacoca!

Depois, o transporte público é uma seca! Todos ao molho e a cheirar a sovaco, como sardinhas em lata! Andar de TUB é pelintrice, é careta!

Braga, cidade sem carros, mesmo por um dia? Estão passados dos carretos! O que se faz aos parques de estacionamento? Transformam-se em rampas de lançamento de foguetões, ringues de patinagem ou balneários públicos? E os parquímetros? Já sei! Já sei! Estão mesmo jeitosinhos para máquinas de preservativos, tal o truc… truc… que por aí vai sem protector de boca na espingarda!

Ah! E a Polícia Municipal que tanto brio e afã põe na caça à multa e reboque dos latinhas? Não me digam que a querem mandar de férias para Cancun ou Caraíbas que é o que está a dar e faz certa burguesia cá do esgoto?

Braga, cidade sem carros, mesmo por um dia? E que fazer ao slogan É BOM VIVER EM BRAGA? Em paga das bandeiras do Euro-2004, querem exportá-lo para a China?

Tenham juizinho! E gritem comigo: carro amigo, o povo está contigo!

Assim falou o Vitelas! E quem fala assim não é gago!

Com os melhores cumprimentos e até de hoje a oito!




Notícias relacionadas


Scroll Up