Fotografia:
Escolinhas para cachorros

Os esforços da Agere têm caído em saco roto. A circular que juntam na conta da água é clara, tem esquemas e tudo. A verdade é que os Portugueses, pouco habituados à leitura, demasiado saturados de publicidade e pagamentos, agarram na circular e lixo com ela. Olham apenas para os euros que lhes vão sair do bolso, sempre cada vez mais vazio, e protestam tanto que não fica lugar para mais nada.

N/D
1 Set 2004

Já desprezada e no lixo, a circular não aproveita a ninguém. Então, limpinhos como são, nada de maus cheiros em suas casas. E lá convencem o bicho a segurar-se e a fazer tudo que precisa em campo aberto, isto é, no passeio e, de preferência, no lado oposto ao seu.

Pobre do país que tais filhos tem! As ruas estão sujas, cheiram mal, degrada-se o ambiente, mas o cãozito esvaziou a tripa e não tem culpa de não saber ler e de o seu dono ser avesso à leitura.

Assim venho sugerir à Ex.ma Câmara a criação, em vários pontos da cidade, de escolas para cães. Talvez eles aprendam a levar o saquinho, a pô-lo no rabito e a ladrar ao dono para que tome conta dele. E, com esta atitude talvez o advirtam de que estas questões do civismo, da cidadania e da preservação do ambiente, são muito sérias.

A União Europeia vai mesmo aplicar multas a Portugal por não cumprir as regras e é muito bem feito já que é assunto que não interessa aos políticos.

Nota: o texto que se segue é da autoria da minha neta sobejamente indignada com tal situação.

Quando saímos de casa vemos as necessidades dos cães espalhadas nos passeios. Os donos deviam apanhá-las porque ao passar nós calcamos e ficamos a cheirar mal. Isto é uma verdadeira porcaria!

Quando vou à rua tenho que olhar sempre para o chão e ver bem onde ponho os pés.
Às vezes os donos levam os animais a fazer às portas das outras pessoas e isso é muito feio. Temos que acabar com isto de uma vez por todas! Se calhar todos querem como eu.

Então, como fazer? Eu acho que é simples: ou os donos deixam os cães fazer as necessidades em casa ou levam um saquinho como recomenda a Agere, isto enquanto não houver casas de banho públicas para cães. Temos de ter muita esperança.




Notícias relacionadas


Scroll Up