Fotografia:
Fartos de futebol!

Com um gesto e uma expressão de enfado foi como o Presidente da República se desenvencilhou da pergunta sobre as possibilidades do nosso futebol nos Jogos Olímpicos a decorrer em Atenas de 13 a 29 de Agosto.

N/D
27 Ago 2004

Falando a bordo do Navio-escola Sagres e com altos dignitários portugueses (tanto da política como do desporto), Jorge Sampaio quis referir-se às nossas (parcas) expectativas para com os atletas nos Jogos Olímpicos… Confirmadas com a decepção no futebol, no voleibol de praia, no judo, na vela… Com a honrosa excepção no ciclismo em estrada e do atletismo!

De facto, depois de um mês de Junho cheio de futebol – e antes que chegue a nova febre dos campeonatos – parece ter chegado a hora de outros desportos que cativam menos consumidores (embora, nalguns casos, com melhores resultados!) de tanta atenção do público.

A indústria do futebol vai-se esgotando, tanto pela forma como é conduzida como no modo como é gerida. A compra e venda de atletas, as negociatas mais ou menos conhecidas, as complicações políticas que implicam à mistura com protagonismos sociais, as forças que se digladiam pela conquista de visibilidade nos meios pequenos (no que se vai tornando o nosso país) e confundem espaços e interesses… O futebol, afinal, deixou de ser desporto!

As outras expressões do fenó-meno desportivo merecem ser apoiadas, procurando diversificar as propostas. Muitas outras modalidades também fazem campeões e fascinam multidões. Bastantes atletas se empenham em praticar desporto e até têm de pagar para que isso aconteça.

A comunicação social também pode ser culpabilizada por essa futebol-dependência que se tem gerado em Portugal, quando se prende/explora/estica tricas de clubite a roçar algum bairrismo pouco saudável.

Apreciando a onda de espírito olímpico precisamos de reflectir sobre o futuro do futebol. Que os novos estádios não tenham sido só sorvedouros de dinheiro público e tenham utilidade para as populações onde estão inseridos…




Notícias relacionadas


Scroll Up