Fotografia:
Nótulas soltas da minha agenda

1. Prometi e aqui estou a dar a minha opinião sobre o Programa deste Governo, no que concerne à política para a Família e a Vida. Gostei de ver que os “100 compromissos” se mantêm e aprofundam na área da fiscalidade. Mas, tenho receio que “o devem ser cumpridos” não seja tão incisivo e fiquem pelo caminho alguns! Aguardo a sua concretização. Continuarei atento… É que “de boas intenções…”

N/D
2 Ago 2004

2. Voltaram, e em força, os incêndios. Devastadores. A crónica falta de meios. Mais grave: continua a negligência do Estado e dos particulares na limpeza das matas. Durante o ano que passou ficaram muitas matas tal como estavam ou pior, quando se deixaram ficar os restos parcialmente carbonizados do Verão passado.
3. A festa, em Braga, do Dia Nacional dos Avós foi muito participada e decorreu lindamente. Faço votos para que para o ano seja melhor. Gostaria de ver ainda mais Avós com Netos acompanhando-se mutuamente, pois avós sem netos ao pé, é uma sensaboria. Foi uma excelente oportunidade para se exaltar a figura do Avô/ó, a sua importância fundamental no seio de uma Família, mas não como substitutos dos pais. Aos pais o que é dos pais. Aos avós o que lhes cabe!

4. “Levantai-nos! Vamos!” de João Paulo II, já aqui o referi é um livro notável. Agora que acabei de o ler, sinto que é uma espécie de testamento espiritual deste Papa. Nada do que escreve é sem uma intenção pedagógica clara. O livro encerra uma mensagem de fidelidade, amor e de serviço a Deus, à Igreja, ao Homem (mesmo não crente).

Tomo a liberdade de o recomendar, a quem ainda não o leu, como um bom livro de férias. Lê-se bem. Não é aborrecido. Está escrito de forma clara e muito acessível.
E, já agora que falo de livros, deixem-me que diga outra vez o quanto me perturbou “Malmequer”, de Pedro Strech.

5. Se Deus quiser, voltarei às NÓTULAS em Setembro. Deixo para cada semana pequenos artigos que serão publicados quando o D.M entender. Desejo aos meus leitores as melhores férias: repouso (activo!), descompressão e reencontros com o que consideram fundamental e que durante o ano, às vezes, se toca ao de leve. Para quem vai viajar: boa viagem! Para todos: boas férias.




Notícias relacionadas


Scroll Up