Fotografia:
Onda de calor

Uma onda de calor é um período de alguns dias com temperaturas máximas superiores à média usual para a época, constitui uma agressão para o organismo, podendo conduzir a desidratação, ao agravamento das doenças crónicas, a um esgotamento, ou a um golpe de calor, situação muito grave que pode provocar danos irreversíveis ou até a morte.

N/D
28 Jul 2004

São mais vulneráveis ao calor:

• crianças nos primeiros anos de vida;
• idosos e doentes acamados;
• pessoas portadoras de doenças crónicas (nomeadamente os que sofrem de afecções cardíacas, respiratórias, renais, diabetes, alcoolismo e doenças mentais);
• pessoas obesas;
• pessoas que vivam sós;
• pessoas a tomar alguns medicamentos (anti-hipertensores, anti-arrítimos, diuréticos, anti-depressivos e neurolépticos);
• trabalhadores manuais expostos ao calor;
• pessoas que vivem em más condições de habitação.

O que se deve fazer em dias de muito calor?

• Beber diariamente pelo menos um litro e meio de água, sumos de fruta natural ou infusões de ervas, mesmo sem ter sede;
• Incentivar idosos e crianças a beber líquidos;
• Deve fazer refeições leves e pouco condimentadas, várias vezes ao dia e em pouca quantidade;
• Pessoas que sofram de doença crónica, ou que estejam a fazer dieta com pouco sal, ou com restrição de líquidos, devem aconselhar-se com o seu médico, ou contactar a linha de Saúde Pública;
• Permanecer duas a três horas por dia num ambiente fresco. Se não dispõe de ar condicionado, visite centros comerciais, cinemas, museus ou outros locais equipados com ar condicionado;
• Se sair à rua proteja-se com chapéu, roupa larga,
de cores claras e de preferência de algodão e óculos escuros;
• Se for à praia, use protector solar de índice elevado e faça-o nas primeiras horas da manhã ou ao fim da tarde;
• Se viajar faça-o de preferência nas horas de menor calor ou de noite;
• Em casa durante o dia baixe as persianas e à noite abra as janelas para que o ar circule e a casa arrefeça;
• Se necessário use ventoinhas;
• Tome banho de água morna, nos momentos de calor mais intenso e nunca de água fria para evitar mudanças bruscas de temperaturas.
“As pessoas que vivem sozinhas, especialmente se são idosas, devem pedir a alguém que lhes telefone duas vezes por dia, para saber se estão bem”.

O que não se deve fazer nos dias de muito calor?

• Exercício físico ou outras actividades que exijam muito esforço;
• Viajar com as janelas do carro totalmente fechadas (a não ser que possua ar condicionado);
• Deixar as crianças ou pessoas idosas fechadas no interior do automóvel exposto ao sol;
• Estar de pé durante muito tempo, especialmente em filas e ao sol;
• As pessoas idosas e as crianças não devem ir à praia nos dias de grande calor. As radiações solares podem provocar queimaduras da pele, mesmo debaixo de um guarda-sol. A água do mar também reflecte os raios solares provocando queimaduras. As queimaduras solares diminuem a capacidade da pele para arrefecer.

Se tiver alguma dúvida pode telefonar para a linha de Saúde Pública: 808 211 311
Unidade Operativa de Saúde Pública




Notícias relacionadas


Scroll Up