Fotografia:
Nótulas soltas da minha agenda

Continuemos entusiasmados pela bandeira

N/D
28 Jun 2004

1 Definitivamente a bandeira portuguesa adoptada com a implantação da República, com forte oposição de muitos republicanos, é hoje o símbolo incontestado de Portugal.

Monárquicos, republicanos e indiferentes têm vivido estes dias abraçados pelo verdrubro nacional.

É bonito de se ver este entusiasmo.

Evidentemente que continua a haver nostálgicos do azul e branco da Monarquia liberal.

Esta classe de cidadãos vive noutra época, no passado. É sintomático que o actual Príncipe de Bragança, herdeiro da Coroa, jurou bandeira e a bandeira que jurou defender, encarnando a Pátria, era a actual. A esta, em meu entender, só lhe falta a Coroa real.

O escudo de Portugal ganhava com este símbolo. Entretanto, continuemos entusiasmados pela bandeira. Mesmo que o Euro2004 termine para nós. Portugal, esse, vai continuar!

2. «… E você não escreve nada sobre a “Missa Internacional” ou a “Missa Ecológica?”…» Já escrevi, a propósito da “Missa Africana”, tudo o que queria dizer. Como não tenho mais nada a acrescentar, nem mudei de ideias… Remeto o meu leitor para as Nótulas em que me referi ao assunto.

3. Muitas pessoas me têm interrogado por que razão o holandês se veste, em épocas e tempos festivos, de cor-de-laranja. É simples: a Holanda nasceu da vontade do povo e de um Príncipe de Orange (laranja), Guilherme se não me falha a memória. Daí que a cor nacional e com a qual se identificam os holandeses seja a cor da sua Dinastia.

4. Participei numa mesa redonda na Escola do Fujacal, em Braga, em que se reflectiu sobre parcerias no âmbito escolar. Aprendi muito com os meus colegas de mesa. Mas o que me fascina e tem fascinado é a dinâmica daquela escola. Notável. Empenhada. Pró-activa. É um exemplo. E exemplar no acolhimento a cerca de 90 crianças que vêm de outros horizontes culturais e religiosos. Parabéns à escola, na pessoa do Dr. Cancelinha.

Continuem!




Notícias relacionadas


Scroll Up