Fotografia:
A Escola e a Família – o papel da Família (6)

Há uma correlação positiva entre o envolvimento familiar na educação dos discentes e o relacionamento académico destes

N/D
27 Abr 2004

Pelo referido no texto anterior, a expressão «colaboração escola-família» é mais rigorosa e possui enormes vantagens, tendo em conta um enquadramento teórico e uma visão de escola e crescimento do aluno interactivos e desenvolvimentistas.
Esta colaboração inclui as noções de parceria de responsabilidades e de participação na ideia de que o sucesso educativo só é possível com a ajuda de todos, implicando que o processo educativo é fruto da interacção de todos os intervenientes relacionados com o mundo do aluno. Há uma correlação positiva entre o envolvimento familiar na educação dos discentes e o relacionamento académico destes.

Sem dúvida, esse envolvimento incentiva e ajuda os filhos e implica os pais (ou outros parentes) no processo, reconhecendo os seus direitos e as suas responsabilidades. Além disso, a participação familiar também aumenta a expectativa dos docentes. Sem dúvida, uma das chaves para a melhoria da qualidade do ensino passa por um maior envolvimento das famílias no processo educativo.

O declínio da qualidade do ensino nos últimos anos não se pode justificar apenas com a massificação e a falta de boas instalações ou de equipamentos e a degradação dos costumes. É que neste binómio família-escola, o papel dos pais em casa é muito importante, o que muitos encarregados de educação descuram ou ignoram.

Sem dúvida, o estabelecimento de horários para a resolução dos deveres escolares e para o estudo e a investigação em casa feitos em interligação entre pais (ou outros familiares) e os filhos, com a aquisição de regras, hábitos, atitudes e outros princípios normativos, contribuem para uma aprendizagem mais rica, sólida, harmoniosa, equilibrada e fácil. Uma tal coordenação demonstra também como uma família numerosa pode animar e ajudar os filhos a ter mais êxito académico.

Isto indica que os laços afectivos entre os vários membros da família, o reforço dos valores culturais e a partilha da sabedoria são um dos melhores contributos para o sucesso escolar na aprendizagem.

A confirmar estas afirmações estão vários estudos elaborados por peritos nesta matéria, onde se concluiu que a família é o factor de maior peso no sucesso educativo dos filhos. Os melhores resultados são obtidos por estudantes pertencentes a famílias que se esforçam por incutir neles uma série de posturas e virtudes humanas, bem como métodos de estudo e o estabelecimento de um regulamento com horas fixas para as várias actividades do dia a dia.

Continua nos próximos números




Notícias relacionadas


Scroll Up