Fotografia:
A Escola e a Família – O Papel da Família (5)

A escola é a instituição ideal para o exercício da cidadania. Ela é uma instituição comunitária ao alcance directo dos pais. Estabelece relação de vizinhança com as comunidades que serve. Do mesmo modo, sabemos que alguns dos seus órgãos directivos são eleitos mas, em certas vertentes as escolas do E. Básico dependem das autarquias locais (nomeadamente as do 1.º Ciclo quanto à sua construção e manutenção), como recomenda o Decreto-Lei 115-A/98 de 04/05 e outros posteriores. A qualidade do ensino (ou a sua ausência) reflecte-se ao nível do poder político local. Uma escola de qualidade é um trunfo que a autarquia local não deixará de chamar a si, nessa medida.

N/D
17 Abr 2004

Por seu turno, uma escola degradada é um pretexto para o descontentamento das populações, com efeitos negativos na imagem da própria autarquia.
Dos vários estudos feitos sobre o relacionamento da família com a escola extraíram-se algumas conclusões interessantes:

– Há mais contactos entre pais e educadores de infância do que nos níveis de ensino seguintes;

– A maioria dos contactos é da iniciativa dos professores;

– Poucas escolas organizam actividades festivas específicas para o envolvimento dos pais;

– A maior parte dos docentes considera que o actual nível de envolvimento parental é suficiente, não concordando com a participação mais maciça dos E.E. na tomada de decisões, não se preocupando com a ausência dos contactos frequentes entre a escola e os pais.

Também se concluiu que é preferível empregar a palavra “família” (e não pais) quando nos referimos ao conjunto de adultos que se relaciona, de uma forma duradoura e constante, com os alunos no espaço “casa”.

Esta opção justifica-se, perfeitamente, pelas condições actuais do conceito de relações familiares.

Com efeito, a palavra “família” possui a globalidade e a generalidade mais adequadas no contexto social actual. Inclui não só os progenitores biológicos, como também a família alargada, abrangendo todas as situações originadas por recasamentos, adopções e arranjos familiares não tradicionais muito frequentes na sociedade moderna. Além disso, também abarca outras figuras que continuam a ter um papel importante nessa relação: avós, tios e outros familiares. A escola e a família são dois espaços predominantes no mundo do aluno.

(Continua nos próximos números)




Notícias relacionadas


Scroll Up