Fotografia:
Ladainha do dinheiro

Dei comigo estes dias a rezar a ladainha do dinheiro.

N/D
6 Nov 2003

Dei comigo estes dias a rezar a ladainha do dinheiro. Porque pode ser útil a alguém, aqui a deixo:
Do dinheiro que corrompe, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro que escraviza, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro que amordaça, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro que embrutece, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro que compra consciências, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro que aluga seres humanos, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro que põe bombas, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro que leva a jurar falso, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro que incendeia matas, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro que endeusa as pessoas, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente do furto ou do roubo, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente do tráfico de droga, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente da prostituição, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente de dívidas não pagas, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente de salários de miséria, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente da indústria e do comércio da pornografia, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente do dispensável trabalho ao domingo, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente do tempo roubado ao convívio familiar, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente do compadrio, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente de licenças que não deveriam ter sido dadas, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente de favores que se não deveriam ter feito, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente de negócios ilícitos, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente dos abortos criminosos, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente do negócio de armas, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente do comércio do sexo, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente das pílulas abortivas, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente do lucro exagerado, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente do abuso das necessidades dos outros, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente da exploração da mão de obra infantil, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente da exploração dos imigrantes ilegais, livrai-nos, Senhor.

Do dinheiro proveniente do abuso do poder, livrai-nos, Senhor.

Pelas vezes em que a ânsia de ter mais dinheiro nos dominou, perdoai-nos, Senhor.

Pelas vezes em que colocámos no dinheiro a nossa felicidade, em vez de o usarmos como meio para a adquirirmos, perdoai-nos, Senhor.

Pela vezes em que o desejo de ter mais dinheiro nos levou a passar por cima de tudo e de todos, perdoai-nos, Senhor.

Pelas vezes em que, só para não gastarmos dinheiro, suportámos privações, perdoai-nos, Senhor.

Pelas vezes em que, para não ficarmos com menos dinheiro, fomos insensíveis às necessidades dos outros, perdoai-nos, Senhor.

Para que a ninguém falte o necessário para poder viver com dignidade, ouvi-nos, Senhor.

Por uma sociedade mais justa, ouvi-nos, Senhor.

Para que quem tem muito cumpra o dever de repartir, ouvi-nos, Senhor.

Para que se respeitem os legítimos limites do direito de propriedade privada, ouvi-nos, Senhor.

Para que os endinheirados se convençam de que o supérfluo é dos pobres, ouvi-nos, Senhor.

Para que os ricos saibam usar bem a riqueza, adquirindo com ela a verdadeira felicidade e dando com ela felicidade aos outros, ouvi-nos, Senhor.

Para que o dinheiro seja usado para a promoção integral das pessoas, ouvi-nos, Senhor.

Para que tomemos consciência de que somos administradores e não donos do dinheiro que Deus confiou à nossa guarda, ouvi-nos, Senhor.

Para que todos nos convençamos de que havemos de sair daqui e de que, quando nos encontrarmos com Deus, o que conta não é o dinheiro que aqui deixámos mas a forma como o usámos e o que com ele fizemos, ouvi-nos, Senhor.




Notícias relacionadas


Scroll Up