Fotografia:
“Vara” no ar!

Nada disso, leitor! Não falo da já clássica “justiça de Fafe”… Não! Vida de trauliteiros não é para mim, nem tão pouco do meu agrado… Também não pretendo glosar o mote “quando não funciona a vara da justiça, passará a funcionar a justiça da vara”… Seria horrível uma sociedade sem justiça ou com justiça feita por cada um… Deus nos livre de tamanha tragédia!…

N/D
19 Jul 2003

Refiro-me ao que vi, no dia 12 de Junho, na nossa TV. O presidente Sampaio falou mesmo zangado e com veemência! Pelos vistos, não gostou do que dissera, na véspera em reunião do PS, o socialista Armando Vara… Parece que falou em “covardia política” de quem mais impulsionara a “amnistia” de 1999, a favor de crimes de abuso sexual com menores…
Tratou-se – dizem – de tempestade repentina e imprevista na referida reunião, provocada pelo membro “Vara”, que gosta de chamar as coisas pelo seu nome… Veio, depois, Ferro Rodrigues tentar suavizar a tempestade, tentando agradar a “gregos e troianos”, lembrando que há liberdade de expressão e que ninguém deve julgar-se imune de críticas mormente se tidas por justas…

Pois é, amigo leitor, há questões muito sérias, muito graves, muito perigosas que não podem ser consideradas levianamente, sobretudo quando há vítimas inocentes e indefesas… Quando, em amnistias normais, se excluía o crime de sangue, não deveria ser esquecido que a alma humana também pode sangrar e sangra, mesmo quando se trata de vítimas de menor idade…

Os políticos têm que habituar-se a estas coisas… O povo reage de forma diferente em defesa ou perdão de adultos ou de crianças… E até acho muito bem! Com a inocência de crianças, «ai de quem as escandalizar! Melhor lhe fora perecer afogado»…

“Vara” no ar, no sentido que acabo de descrever, talvez se compreenda… Mesmo entre membros da mesma família… Se é verdade que “quem semeia ventos colhe tempestades”, o melhor será ter bem acorrentadas as ventanias a fim de evitar colheitas indesejadas…




Notícias relacionadas


Scroll Up