Fotografia:
Nem de capacete se deve lá passar…

Todos sabemos que, neste mundo moderno, pode cair-nos na tola, com maior velocidade do que um raio, as piores coisas do mundo.

N/D
26 Mai 2003

Mas o que raramente imaginamos é que nos provoque um lanho no toutiço, podendo mesmo mandar-nos desta para melhor, um pedaço de janela, um vidro corta-goelas ou até, quem sabe?, um sacada!!!
Pois, meus amigos, é precisamente a isto que se arriscam se passarem desprevenidos ali perto do fundo da Rua do Souto, praticamente em frente do magnífico Largo do Paço…

Na verdade, ergue-se ali uma casa bem conhecida dos bracarenses, mas que está a cair aos bocados, com uma série de “infraestruturas” prontinhas a dar-nos cabo do cérebro e do que mais apanharem no caminho!

Este não é caso único na cidade. Mas como ali passa tanta gente todos os dias, é um dos que maiores ameaças faz ao nosso “quinto andar”.

Não há forma de tratar do assunto, nem que seja através de uma rede protectora enquanto não se resolve definitivamente este cai-não-cai?

Ai é melhor que nos desabe no lombo? Ai sim?! Ah, então… boa vai ela!!!




Notícias relacionadas


Scroll Up