Terça-feira, 17 de Outubro de 2017, 23:36
Siga-nos
  • Braga
  • Região
  • Religião
  • Nacional
  • Desporto
  • Reportagem
  • Entrevista
  • Inquéritos
  • Fotogaleria

"Need for Dance" levou ternura ao Theatro Circo e recebeu solidariedade e carinho

Braga | 15 de Junho de 2017
Crianças e adultos do projeto "Need for Dance" foram os grandes protagonistas da Gala Sanjoanina 2017, não só por serem os beneficiados, mas sobretudo pela atuação
0 0
siga-nos
   
TAGS
notícias relacionadas
  • Sem notícias relacionadas

«O São João de Braga não é só festa, religiosa e profana e promoção de tradições. É também solidariedade». As palavras são de Rui Ferreira, presidente da Asssociação de Festas de São João de Braga, durante a Gala Sanjoanina 2017, que decorreu anteontem no Teatro Circo, onde crianças e jovens do projeto "Need for Dance" levaram ao palco ternura em forma de espetáculo e em troca receberam aplausos, solidariedade e  sobretudo muito carinho.

Já se sabe que um dos objetivos da Gala Sanjoanina, que se realiza há três anos consecutivos, é promover as tradições e aspetos etnográficos de Braga e do Minho em geral.

No entanto, ficou igualmente definido desde o início que a gala teria um caráter solidário. E neste aspeto, a iniciativa de 2017 cumpriu com todos os objetivos propostos. Ou seja, atuaram muitos grupos e associações folclóricas e etnográficas de Braga, mas também houve solidariedade.

«As principais romarias do país estão no Minho. E, sendo Braga capital do Minho, é normal que tenha a maior romaria do País. E as festas de São João de Braga são as maiores de Portugal. Tem maior orçamento, tem mais gente e mais atividades. Mas também assumimos essa responsabilidade social de ajudar uma instituição de solidariedade social. Este ano essa ajuda vai para o projeto "Need for Dance" que bem merece», considera Rui Ferreira.

"Need for Dance" impressionou

Um dos momentos altos da gala aconteceu perto do final da mesma quando as crianças e jovens do projeto "Need for Dance" – com Necessidades Educativas Especiais (NEE) subiram ao palco para dançar. 

Antes da atuação do grupo, Raquel Cunha, responsável pelo projeto, explicou as dificuldades e sensibilidade na preparação e ensaios. Mas ao mesmo tempo a compensação pelos resultados, principalmente pelas vantagens da dança e da música, a nível cognitivo, motor e até em termos de inclusão. Explicações que os presentes na sala principal do Theatro Circo de Braga perceberam perfeitamente.

Primeiro atuaram só as crianças, com ajuda dos voluntários; e, num segundo momento, na companhia dos pais, onde foi cantado o hino do projeto, onde sobressaiu o assumir das diferenças, mas a mesma capacidade de amar e de sonhar. «O meu sorriso é a minha perfeição».

No final, os aplausos foram pelas crianças e jovens, mas também para aqueles que diariamente trabalham e convivem com eles: os pais e familiares, amigos, os responsáveis pelo projeto e os voluntários. Foram aplausos de solidariedade, mas também de carinho e ternura.

Diga-se que o espetáculo merecia a presença de mais bracarenses solidários. 

Raquel Cunha fez questão de agradecer o facto da Associação de Festas de S. João se ter lembrado do "Need for Dance" como instituição beneficiária do valor angariado com a gala, mas também por permitir a atuação. Até porque, é mais uma forma de dar a conhecer o projeto, que continua a precisar de muita ajuda.

Não só monetária e em géneros, como tecidos para o guarda-roupas, mas também de voluntários para o dia a dia e para preparar a logística das atuações. «Só temos que agradecer esta ajuda. Estamos muito contentes».

Raquel Cunha mostrou-se agradecida também aos pais das crianças que cada vez mais vão acreditando no projeto.

Homenagem

A Gala Sanjoanina serviu também para homenagear instituições que de uma forma ou de outra têm ajudado a preservar as festas de S. João. Assim, Manuela Sá Machado,  presidente do Grupo Folclórico Gonçalo Sampaio; e Domingos Barbosa, presidente da Associação Comercial de Braga, subiram ao palco para receberem uma lembrança das mãos do presidente da Associação de Festas de

S. João. Domingos Barbosa lembrou que a ACB apoia as festas de S. João desde finais o século XIX.

Gala Sanjoanina confirmou a riqueza do folclore e da etnografia de Braga

À semelhança dos anos anteriores, a Gala Sanjoanina de anteontem confirmou a grande riqueza do folclore e da etnografia de Braga, com São João quase sempre presente nas atuações. Pelo palco principal do Theatro Circo passaram alguns dos mais emblemáticos grupos e associações culturais de Braga, 

A gala foi, uma vez mais, coordenada por José Machado, da Associação Cultural e Festiva "Os Sinos da Sé", um dos grupos que atuou no espetáculo. Aliás, para além de atuar sozinho, dançou ao som do Coro da Santa Casa da Misericórdia de Braga. 

Outro dos grupos participantes da gala foi o Coro Académico da Universidade do Minho que, para além dos três temas a que teve direito, atuou na companhia da Orquestra Filarmónica de Braga. No entanto, anteontem, esta agremiação, fundada apenas em 2015, atuou apenas com Ensemble de sopros. Ainda assim, encantou a plateia com cancioneiro de São João, mas também com vários temas populares. 

Por isso, um pouco como aconteceu com os outros grupos, mereceu acompanhamento dos presentes.

O último grupo a atuar foi o Grupo Folclórico da Universidade do Minho que dançou, tocou e cantou ao desafio, provocando muitas gargalhadas.

Personalidades falaram sobre S. João

Durante a gala, nos intervalos das atuações, diversas personalidades bracarenses subiram ao palco e falaram das festas de S. João. Lídia Dias, vereadora da Cultura da Câmara de Braga; Firmino Marques, vice-presidente da Câmara Municipal, Domingos Barbosa, presidente da ACB, para lém de Rui Ferreira, presidente da Associação de Festas de S. João. 

Questionados pelo apresentador da gala, Pedro Andrade, todos frisaram o caráter abrangente da festa de S. João de Braga, que não se fica por uma noite. A vereadora da Cultura, que trocou Santo António [de Famalicão] por S. João, confessou ser uma entusiasta da festa.

 

Autor: Francisco de Assis
Comentários
Sem comentários
publicidade

Farmácia Peixoto
Praça Dr. Francisco Araújo Malheiro, 36
4715-016Braga (São José de São Lázaro)
Tel. 253268701

Farmácia Peixoto
Praça Dr. Francisco Araújo Malheiro, 36
4715-016Braga (São José de São Lázaro)
Tel. 253268701

Farmácia Peixoto
Praça Dr. Francisco Araújo Malheiro, 36
4715-016Braga (São José de São Lázaro)
Tel. 253268701

Farmácia Peixoto
Praça Dr. Francisco Araújo Malheiro, 36
4715-016Braga (São José de São Lázaro)
Tel. 253268701

Farmácia Peixoto
Praça Dr. Francisco Araújo Malheiro, 36
4715-016Braga (São José de São Lázaro)
Tel. 253268701

Farmácia Peixoto
Praça Dr. Francisco Araújo Malheiro, 36
4715-016Braga (São José de São Lázaro)
Tel. 253268701

Farmácia Peixoto
Praça Dr. Francisco Araújo Malheiro, 36
4715-016Braga (São José de São Lázaro)
Tel. 253268701

Farmácia Peixoto
Praça Dr. Francisco Araújo Malheiro, 36
4715-016Braga (São José de São Lázaro)
Tel. 253268701

Farmácia Peixoto
Praça Dr. Francisco Araújo Malheiro, 36
4715-016Braga (São José de São Lázaro)
Tel. 253268701

publicidade

Hospital de Braga
Telefone: 253 027 000

GNR
Telefone: 253 203 030

PSP
Telefone: 253 200 420

Cruz Vermelha
Telefone: 253 208 872

Bombeiros Sapadores 
Telefone: 253 264 077

Bombeiros Voluntários
Telefone: 253 200 430

Loja do Cidadão (informações) 
Telefone: 707 241 107

PSP
Telefone: 252 373 375

Hospital
Telefone: 252 300 800

Bombeiros Voluntários
Telefone: 252 301 110

PSP 
Telefone: 258 809 880

Hospital  
Telefone: 258 802 100

Bombeiros Voluntários
Telefone: 258 730 643

Para saber os horários das Missas nos diversos dias e Igrejas clique no símbolo mais.

CARMO - Das 8h30 às 9h00 e das 09h30 às 11h00 (de terça-feira a sábado).

CONGREGADOS - Todos os dias, exceto aos domingo e dias santos, conforme o horário afixado nas pautas de avisos da Igreja.

MENSAGEIRO - Das 10h00 às 12h00, exceto quartas-feiras, domingos e feriados.

PÓPULO - Todos os dias, exceto terças-feiras e domingos, das 8h30 às 10h00.

publicidade

JORNAL DIÁRIO DO MINHO

Rua de S. Brás, n.º1 | Gualtar | 4715-089 Braga | Portugal
Telefone: +351 253 609 460 • Fax: +351 253 609 465
Email:redacao@diariodominho.pt

GRÁFICA DIÁRIO DO MINHO

Rua de S. Brás, n.º1 | Gualtar | 4715-089 Braga | Portugal Telefone: +351 253 303 170 • Fax: +351 253 303 171 Email:orcamentos@diariodominho.pt